Greve

EBSERH- EDITAL DE COMUNICAÇÃO DE GREVE

O Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Federal no Estado da Bahia- SINTSEF/BA, CNPJ 32.699.811/0001-19, entidade sindical filiada à Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Federal- CONDSEF, CNPJ 26.474.510/0001-94 e à Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Federal- FENADSEF, CNPJ 22.110.805/0001-20, em cumprimento às exigências… Continue a ler »EBSERH- EDITAL DE COMUNICAÇÃO DE GREVE

COLETIVO DE MULHERES DA CUT-BA REÚNE-SE EM SALVADOR

30/01/2020 – Com o objetivo central de planejar as ações do 08 de março, Dia Internacional da Mulher, mulheres trabalhadoras de sindicatos e movimentos sociais baianos reuniram-se nesta quarta-feira (29/01) na sede da CUT-BA, em Salvador. A Coordenadora de Formação do SINTSEF-BA, Erilza Galvão, representou o sindicato na reunião. A pauta incluiu também análise de conjuntura, a agenda de mobilização das centrais, reformas trabalhista e previdenciária e seus impactos na vida das mulheres, violência, relação com movimentos sociais.

Mobilização na França serve de inspiração para trabalhadores brasileiros

13/01/2019 – Trabalhadores franceses conseguiram reverter uma decisão do governo, que encaminhou proposta de reforma da Previdência, que previa aumentar a idade mínima para aposentadoria de 62 para 64 anos. A idade legal de aposentadoria na França é 62 anos, mas se não for atingido o tempo de contribuição integral (41 anos e meio), será preciso trabalhar até os 67 anos para não se ter perdas.

Servidores constroem greve nacional na luta por direitos e em defesa do serviço público

10/01/2020 – Trabalhadores do serviço público das três esferas se preparam para um grande Dia Nacional de Paralisação Mobilização, Protesto e Greves em 18 de março. A data foi definida ainda em 2019, na Plenária Nacional − Em Defesa dos Serviços Públicos Municipal, Estadual e Federal, das Empresas Estatais, do Brasil e dos Trabalhadores, ocorrida em Brasília-DF. O Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais (Fonasefe), que reúne as diversas carreiras do funcionalismo, também referendou o 18 de março e está construindo a mobilização em suas bases.