SINTSEF-BA tem primeiro de eleições caracterizado pela tranquilidade

Desde a última sexta-feira, o sindicato tem feito reuniões com os mesários e motoristas contratados para a eleição, de forma a orientá-los para o processo e esclarecer dúvidas que possam surgir.

A categoria vota para eleger a próxima Direção Estadual, adjuntos e suplentes, além do novo Conselho Fiscal da entidade para a gestão 2019-2022. Assim como ocorreu nas duas gestões anteriores do sindicato e em outros estados na base da CONDSEF/FENADSEF, apenas uma chapa se inscreveu para esta eleição – “Resistência, Organização e Luta”, encabeçada pelo servidor do Ministério da Marinha, Pedro dos Santos Moreira, para Coordenação Geral.

Por trás dessa tendência, há um exercício de construção da unidade entre as diversas forças políticas que constituem a direção das entidades de base. O objetivo é superar as divergências internas e focar na organização política da categoria. O respeito às minorias, à pluralidade de ideias, experiências e concepções, além da prática do diálogo, foram, desde o início, elementos definidores e estruturantes para o projeto de sindicato geral da CONDSEF/FENADSEF. A CUT também apoia a Chapa 1: para a Central, a hora é de somar esforços: somente unidos e organizados os trabalhadores terão alguma chance de resistir aos ataques que lhes são destinados cotidianamente.

A Chapa 1 é formada por membros da atual diretoria e também por novos integrantes, todos trabalhadores da base que marcaram presença em lutas recentes e decisivas do funcionalismo público federal. Hoje pela manhã, o atual Coordenador Geral do SINTSEF-BA e o candidato ao cargo votaram juntos na sede do sindicato, em Salvador. O resultado da votação será divulgado logo após a apuração e homologação do resultado pela comissão eleitoral.

Marcações: