SINTSEF-BA PERMANECERÁ FECHADO APÓS CRESCIMENTO DAS TAXAS DE INFECÇÃO POR COVID-19

24/11/2020 – A direção do SINTSEF-BA voltou a se reunir por videoconferência para avaliar a questão do funcionamento do sindicato em meio ao confinamento imposto pelo novo coronavírus. Com as notícias do crescimento dos casos de infecção e internamento por COVID-19, diretores da capital e interior do estado avaliaram que ainda não há condições seguras para o retorno do atendimento presencial na sede e núcleos regionais. Por isso, em cumprimento às determinações de quarentena e distanciamento social impostos pelas secretarias de saúde do estado e do município, o SINTSEF-BA permanecerá fechado e não reabrirá até que isso possa ser feito sem representar uma ameaça à saúde dos nossos filiados, dirigentes, funcionários e colaboradores.

Desta forma, a sede do sindicato, núcleos regionais e delegacias sindicais permanecerão fechados até 2021. Ao longo desse período, as notícias continuarão a ser publicadas regularmente em nosso site (www.sintsef.kompi.site), enviadas por e-mail e replicadas em nossas redes sociais (Instagram @sintsef_bahia e Facebook @sintsef).

Também as assessorias jurídicas estarão funcionando remotamente nesse período, orientando a respeito das ações judiciais. Enquanto durar o isolamento, quem ligar para o nosso número principal da sede (71) 3496-8387 será redirecionado para um telefone celular do Setor Jurídico. Para quem preferir ligar diretamente, os números (71) 98199-9251 (Administração) e (71) 98114-1701 (Jurídico) estão disponíveis para atendimento, sempre no período de funcionamento do sindicato (de segunda a sexta-feira, de 08:00 às 12:00h e das 13:00 às 17:00h).

Em Salvador, a equipe do advogado e assessor jurídico do SINTSEF-BA José Carlos Ribeiro responderá dúvidas sobre o andamento das ações judiciais encaminhadas pelo escritório através do Instagram: @ribeiroribeiroadv ; Email: advogados@ribeiroribeiro.adv.br e Whatsapp:  (71) 99956-0965.  No Rio, o escritório do advogado e assessor jurídico Geraldo Magela também responderá sobre as ações que acompanha através do email contato@geraldomagela.adv.br

O Jurídico ainda esclarece que devido à impossibilidade de consultas ao sistema e ao cadastro, nem todas as informações poderão ser prestadas no período. Com essas medidas, o SINTSEF-BA espera poder diminuir a distância com a sua base durante o confinamento e garantir um atendimento, ainda que reduzido, ao seus filiados. A crise provocada pela pandemia do COVID-19 é gravíssima e ainda não acabou. Até a distribuição da vacina em larga escala, as únicas medidas capazes de evitar o contágio são a higienização das mãos, o uso de máscaras e o distanciamento social.